Bolsonaro se compara a Cristo ao associar suposta facada à ressurreição

Durante videochamada de Páscoa, Jair Bolsonaro comparou o episódio que levou uma facada, em 2018, com a ressurreição de Jesus Cristo, classificando como “milagre” ter sobrevivido e ter ganhado as eleições. Chegou a chorar

(Foto: Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em encontro com religiosos apoiadores via videoconferência, transmitido pela TV Brasil neste domingo de Páscoa, Jair Bolsonaro, comparou o episódio em que levou uma facada em 2018 à ressurreição de Jesus Cristo.

"Hoje foi um dia muito especial. Eu queria falar uma coisa, já que hoje se fala em ressurreição. Eu não morri, mas estive no limite da morte”, disse Bolsonaro, classificando como “milagre” ter sobrevivido e ter ganhado as eleições. Chegou a chorar.

A transmissão, que foi chamada de TV Bolsonaro, foi ao vivo e durou pouco mais de duas horas. Bolsonaro acompanhou todos os minutos do evento, fez anotações dos discursos dos convidados, e falou no fim do encontro, admitindo que ele não tem os requisitos necessários para ocupar a Presidência da República.

“Outro milagre aconteceu. Vejo alguns na minha frente que já foram políticos. Eles sabem como é a política do Brasil. O perfil para chegar à Presidência não era o meu, nada tinha para chegar, sequer tinha partido até março de 2018”, completou.

Mais tarde ele voltou a falar de ressurreição em uma postagem em sua redes sociais.



O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247