Em meio à pandemia, Uninove demite 300 professores e é alvo de críticas na internet

A universidade privada Nove de Julho (Uninove) demitiu em massa professores em meio à pandemia e à escalada do desemprego no País

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A universidade privada Nove de Julho (Uninove) demitiu em massa professores em meio à pandemia e à escalada do desemprego no País. A instituição foi alvo de protestos na noite desta segunda-feira, 22, e na manhã desta terça.

Segundo a União Nacional dos Estudantes (UNE), mais de 300 professores teriam sido demitidos.

"Absurdo! Mais de 300 professores foram demitidos pela Uninove em São Paulo hoje, sem nem sequer o semestre letivo ter se encerrado", escreveu a UNE em seu Twitter. "As notas das provas não foram lançadas e os professores já estão dispensados. Não precisam nem cumprir aviso prévio."





O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247