Em meio ao colapso de Manaus, Bolsonaro diz que “não tem por que ter esse trauma todo apenas preocupado com a Covid”

No mesmo dia em que a compra de vacinas da Índia se mostrou uma fraude e um dia depois do colapso no sistema de saúde de Manaus, onde falta oxigênio para os pacientes, Jair Bolsonaro minimiza a pandemia e diz que mortes são causadas por outros motivos

(Foto: ABr | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Mesmo em uma das semanas mais duras da pandemia do coronavírus no Brasil, Jair Bolsonaro voltou a minimizar a gravidade do problema e a falar mentiras. Em entrevista à Jovem Pan, ele relativizou as mortes por Covid, afirmando que na verdade são por outras causas, e minimizou o caos em Manaus, onde falta oxigênio nos hospitais.

“Esse lockdown, esse isolamento causa muito mais morte, por depressão, por suicídio, por falta de emprego lá na frente do que a própria pandemia em si. Eu não tenho aqui os dados, o número de mortes por tipo de doença. A Covid tá mais lá embaixo. Então não tem por que ter essa trauma toda apenas preocupado com a Covid”, declarou.

Questionado sobre a situação na capital do Amazonas, afirmou: “Semana passada a temperatura subiu em Manaus, e os problemas começaram a aparecer”. Ele, seu filho e outros aliados defenderam em dezembro que o governo estadual não decretasse lockdown antes do Natal, estimulando protestos dos comerciantes, o que acabou causando a reversão da decisão pelo governador do Estado.

Nesta quinta e sexta-feira, a compra das vacinas pelo governo brasileiro junto à Índia revelou-se uma fraude. O governo indiano informou o Brasil que era muito cedo para vender vacinas para outros países, enquanto o governo brasileiro preparava o avião para ir buscar 2 milhões de doses. Desesperado, Pazuello mandou apressar e confiscar doses da vacina do Butantan, a CoronaVac.

No Twitter, Bolsonaro teve hoje uma postagem marcada com um sinal de alerta por contar informações incorretas a respeito da Covid-19. Na mensagem, ele mais uma vez pregava o ‘tratamento precoce’.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email