Em nota, PT repudia mentira de que o atirador seria filiado ao PT

Em nota publicada nesta quarta-feira (12), a Comissão Executiva Nacional do PT manifesta solidariedade às famílias das vítimas assassinadas nesta terça-feira (11) na Catedral Metropolitana de Campinas, interior de São Paulo, e repudia a informação falsa de que o atirador seria filiado ao PT

Em nota, PT repudia mentira de que o atirador seria filiado ao PT
Em nota, PT repudia mentira de que o atirador seria filiado ao PT (Foto: Eduardo Matysiak)

247 - Em nota publicada nesta quarta-feira (12), a Comissão Executiva Nacional do PT manifesta solidariedade às famílias das vítimas assassinadas nesta terça-feira (11) na Catedral Metropolitana de Campinas, interior de São Paulo, e repudia a informação falsa de que o atirador seria filiado ao PT.

Leia a nota:

O Partido dos Trabalhadores manifesta solidariedade às famílias das vítimas da tragédia da Catedral de Campinas.

Repudiamos a tentativa grosseira de disseminar a informação mentirosa de que o atirador seria filiado ao PT. Ele nunca foi filiado ao partido. O PT sempre lutou pelo desarmamento e defende a paz como princípio, e a política como instrumento de mediação entre os diversos setores da sociedade

Alertamos que a política de liberação do uso de armas, defendida pelo futuro governo, favorece a violência, qualquer que seja a motivação, possibilitando com mais frequência esses episódios trágicos, ao estilo do que acontece nos Estados Unidos.

Comissão Executiva Nacional do PT

São Paulo, 12 de dezembro de 2018

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247