Em pânico, brasileiros buscam emigração em massa

A vitória de Jair Bolsonaro provocou uma avalanche de consultas para saída definitiva do país. Brasileiros, assustados com um governo de ultra direita, começam um movimento migratório inédito, num caminho já apelidado de 'fuga da barbárie'; na última semana, o aumento de buscas no Google por "países fáceis para emigrar" subiu 70%; buscas por Uruguai subiram 350%; Canadá, 160%, Portugal, 200% e EUA, 110%

Em pânico, brasileiros buscam emigração em massa
Em pânico, brasileiros buscam emigração em massa

247 - A vitória de Jair Bolsonaro provocou uma avalanche de consultas para saída definitiva do país. Brasileiros, assustados com um governo de ultra direita, começam um movimento migratório inédito, num caminho já apelidado de 'fuga da barbárie'. Na última semana, o aumento de buscas no Google por "países fáceis para emigrar" subiu 70%. Buscas por Uruguai subiram 350%. Canadá, 160%, Portugal, 200% e EUA, 110%. 

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo informa que "por trás dos dados estão histórias de pessoas que temem sofrer violência física ou sanções no campo profissional, motivadas por homofobia ou discriminação política".

Segundo o jornal, "o professor carioca de sociologia Gustavo de Souza, 33, quer ir para o Canadá. 'Só a sombra do Escola sem Partido já piorou muito meu trabalho. Sob Bolsonaro, eu me sinto ameaçado quanto à minha empregabilidade', diz".

O periódico aponta mais um relato na linha do pânico pela violência: "a pedagoga piauiense Olympia Saraiva, 40, avalia que será possível para sua família emigrar para Uruguai ou Paraguai. 'Eu e meu marido sempre fomos militantes de esquerda, ativos em movimentos sociais. E, nessas eleições, nossa relação com familiares e vizinhos piorou muito. Tenho medo de sermos agredidos'."

Ao vivo na TV 247 Youtube 247