Em show de Baiana System, o público grita por "Lula livre"

A Orquestra Sinfônica da Bahia fez uma apresentação com a banda Baiana System, tendo como coro "Lula livre"; pedido de liberdade torna-se ainda mais fortes com a publicação dos diálogos de Sérgio Moro com procuradores, o que escancara ainda mais a partidarização do Judiciário na Lava Jato

247 - A Orquestra Sinfônica da Bahia fez uma apresentação nesta terça-feira (2) com a banda Baiana System, tendo como coro "Lula livre". 

Condenado sem provas no processo do triplex em Guarujá (SP), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está preso desde abril do ano passado. 

A partidarização do Judiciário na Operação Lava Jato já era de conhecimento de boa parte dos setores progressistas e da população e tornou-se mais evidente com a divulgação pelo Intercept Brasil da troca de mensagens entre Sérgio Moro e procuradores. 

O ex-juiz tentou interferiu na atuação de membros do Ministério Público Federal (MPF-PR). As últimas revelçaões do Intercept, desta vez em parceira com o jornal Folha de S.Paulo, apontaram que, em umas das conversas entre procuradores, um integrante do MPF-PR reclama: "Moro viola sempre o sistema acusatório".

Segundo outra reportagem do Intercept, em p, o ex-presidente da OAS Léo Pinheiro foi pressionado a mudar as versões em delação premiada para incriminar lula. 

"Uma pessoa que acompanhou as conversas da OAS com a Lava Jato na época disse à Folha que, inicialmente, Léo Pinheiro descreveu o tríplex como um presente que oferecera a Lula sem pedir nada em troca. Segundo essa pessoa, a insatisfação dos procuradores o levou a mudar sua versão pelo menos duas vezes até chegar àquela adotada em 2017", diz a matéria.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247