Empresários bolsonaristas querem impeachment de Gilmar Mendes

Grandes empresários seguidores do presidente de extrema-direita, Jair Bolsonaro, decidiram guerrear contra o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes e pedir o seu afastamento da Suprema Corte por meio de um processo de impeachment; entre eles, estão Flávio Rocha, da Riachuelo, e Luciano Hang, da Havan

Empresários bolsonaristas querem impeachment de Gilmar Mendes
Empresários bolsonaristas querem impeachment de Gilmar Mendes (Foto: Carlos Moura/SCO/STF)

247 - Grandes empresários seguidores do presidente de extrema-direita, Jair Bolsonaro, decidiram guerrear contra o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes e pedir o seu afastamento da Suprema Corte por meio de um processo de impeachment.

"Depois de mover esforços no Legislativo em defesa da reforma da Previdência, o ativismo de empresários reunidos no movimento chamado Brasil 200 parte agora para o Judiciário", informa a coluna Painel da Folha de S.Paulo. Entre esses empresários, encontram-se Flávio Rocha e Luciano Hang.

Segundo o jornal, o movimento já protocolou na quarta-feira (10) no Senado um pedido de impeachment do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes.

A autora do pedido de impeachment, Sabrina Avozani, diz que Gilmar Mendesé parcial em suas decisões e "atua em benefício de investigados e de partidos políticos"

Esse grupo é o mesmo que ao defender a reforma da Previdência faz chantagem com o país, ameaçando que não não vai ter emprego se não sair a reforma.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247