CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Entidade judaica mais importante do mundo condena encontro de Bolsonaro com nazistas

“Nem Bolsonaro nem qualquer autoridade eleita deve dar as boas-vindas a um político da AfD. O partido de extrema direita AfD da Alemanha aceita a banalização e a negação do Holocausto e usa retórica xenófoba”, escreveu a Anti-Defamation League no Twitter

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

247 - A Anti-Defamation League, entidade mais importante do mundo pelos direitos dos judeus, condenou o encontro de Jair Bolsonaro com nazistas do partido AfD da Alemanha durante a última semana.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Nem Bolsonaro nem qualquer autoridade eleita deve dar as boas-vindas a um político da AfD. O partido de extrema direita AfD da Alemanha aceita a banalização e a negação do Holocausto e usa retórica xenófoba. Apoiamos a Confederação Israelita do Brasil em denunciar as boas-vindas de um político da AfD”, diz tuíte da ADL.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Bolsonaro, assim como os deputados bolsonaristas Bia Kicis e Eduardo Bolsonaro e o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, se reuniu com a deputada alemã Beatrix von Storch, vice-líder do partido AfD e neta de um ministro de Hitler - Lutz Graf Schwerin von Krosigk, das Finanças.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE