PUBLICIDADE

Entidades judaicas no Brasil denunciam alinhamento ideológico entre governo Bolsonaro e nazismo

PUBLICIDADE

Nota conjunta de instituições e coletivos judaicos progressistas brasileiros sobre o encontro do presidente e de governistas com representante da extrema-direita alemã – A recepção amistosa do Presidente Jair Bolsonaro e dos deputados federais do PSL, Eduardo Bolsonaro e Bia Kicis, à deputada Beatrix Von Storch, do partido de extrema-direita Alternative für Deutschland, representa o alinhamento do atual mandatário do país e sua base de apoio não com aquilo que eles chamam vagamente de “valores judaico-cristãos”, mas com um nacionalismo violento e excludente, que ignora minorias, o desenvolvimento sustentável e a democracia.

Esse encontro é mais um episódio lamentável dentre tantos que indicam que as associações entre o presidente e seus apoiadores com movimentos supremacistas e neonazistas não são mera coincidência, e sim concordância ideológica.

Nesse caso especificamente, destacamos que ele significa o engajamento com a intolerância a refugiados e outras minorias e o revisionismo histórico em relação ao Holocausto, pautas caras e inegociáveis para as entidades progressistas da comunidade judaica.

PUBLICIDADE

Aproveitamos para denunciar os ataques antissemitas que muitos indivíduos e organizações vêm sofrendo, sob o argumento daqueles que supõem que a comunidade judaica é homogênea e alinhada com o governo Bolsonaro. Desde bem antes de 2017, quando o atual presidente fez sua palestra no clube A Hebraica do Rio de Janeiro, membros da comunidade se posicionaram contra o então deputado, fato que se repetiu nas eleições de 2018 e em diversos momentos depois de Bolsonaro ter sido eleito. Essas manifestações foram amplamente divulgadas pela mídia e jamais arrefeceram. Esquecê-las ou ignorá-las a fim de fazer uma generalização grotesca da comunidade judaica brasileira é reproduzir estereótipos e uma prática comum do antissemitismo, negando-nos nosso papel como agentes políticos e vozes críticas.

Assinam:

PUBLICIDADE

Judeus Pela Democracia RJ (JPD) 

Judias e Judeus Pela Democracia SP (JPD-SP)

PUBLICIDADE

Observatório Judaico de Direitos Humanos no Brasil

Instituto Brasil Israel (IBI)

PUBLICIDADE

Centro Cultural Mordechai Anilevitch (CCMA)

Associação Cultural Mordechai Anilevitch (ACMA)

Movimento de Mulheres Judias Me Dê Sua Mão

Núcleo Interdisciplinar de Estudos Judaicos (NIEJ)

Associação Scholem Aleichem (ASA-RJ) 

Habonim Dror-SP

Associação Cultural Moshe Sharett

Meretz Brasil

Avodá Brasil

Associação Janusz Korczak do Brasil AJKB

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE