Ernesto Araújo e Mourão empregam tons diferentes em avaliação sobre Maduro e Kim

O chanceler Ernesto Araújo e o vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, voltaram a demonstrar diferenças de tom na avaliação de temas geopolíticos que afetam as relações exteriores do Brasil. Para o chanceler do Brasil, Kim Jong Un não é tão ruim quanto Maduro

Ernesto Araújo e Mourão empregam tons diferentes em avaliação sobre Maduro e Kim
Ernesto Araújo e Mourão empregam tons diferentes em avaliação sobre Maduro e Kim

247 - O chanceler Ernesto Araújo e o vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, voltaram a demonstrar diferenças de tom na avaliação de temas geopolíticos que afetam as relações exteriores do Brasil. Para o chanceler do Brasil, Kim Jong Un não é tão ruim quanto Maduro.

Segundo o jornal O Globo, o ministro das Relações Exteriores do Brasil deu uma resposta inusitada quando comentava na segunda-feira (24) a atual crise política da Venezuela . "O chanceler disse que o regime de Nicolás Maduro no país sul-americano é pior do que a ditadura da Coreia do Norte", destaca o jornal.

"O caso da Venezuela realmente é um caso onde o regime está oprimindo o seu povo de uma maneira brutal, fazendo seu povo passar fome, inclusive a tirar as pessoas que tentam ter acesso a ajuda humanitária", disse o chanceler.

As declarações foram feitas durante uma entrevista à Globo News, em que foi questionado se, uma vez que o governo dos Estados Unidos se dispõe a dialogar com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, seria também possível que houvesse negociações diretas com Maduro.

Por sua vez, Mourão acentuou outro aspecto. Ele ressaltou a influência do programa nuclear norte-coreano na dinâmica das negociações entre Kim e Trump. "A questão entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte está muito centrada na questão nuclear, uma vez que a Coreia do Norte é uma potência nuclear. O caso da Venezuela é distinto", afirmou Mourão.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247