Esquerda constrói unidade para eleições municipais

As eleições municipais de 2020 podem abrir uma nova etapa na construção da unidade entre as forças de esquerda; em pelo menos três das mais importantes capitais são claras as chances de alianças entre o PT, o PCdoB e o PSOL

247 - As eleições municipais de 2020 podem abrir uma nova etapa na construção da unidade entre as forças de esquerda.  

O Partido dos Trabalhadores avalia lançar nome próprio para disputar a Prefeitura de São Paulo nas eleições municipais do próximo ano e abre temporada de debates internos e negociações com aliados do PCdoB e do PSOL.   

A coluna Painel da Folha de S.Paulo informa que o PT começa a discutir o cenário para as eleições municipais no dia 1º de julho. 

A presidenta da legenda, Gleisi Hoffmann, e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, defendem candidatura própria em São Paulo.  

Ainda de acordo com a coluna, os primeiros debates terão por foco o cenário pré-eleitoral em seis estados, entre eles Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro.   

Os petistas podem apoiar Manuela d´Ávila (PCdoB) em Porto Alegre e Marcelo Freixo (PSOL) no Rio de Janeiro.   .

Ao vivo na TV 247 Youtube 247