‘Estado deve incentivar que as pessoas se vacinem, mas não deve obrigá-las’, opina o comunicador Leonardo Stoppa

Para o Youtuber, Bolsonaro “já começa a colocar essa questão da liberdade da pessoa vacinar-se ou não como sendo o próximo debate entre direita e esquerda” e, assim, inflamará seus apoiadores a recusarem o medicamento, fazendo com que a União economize dinheiro. Assista na TV 247

Leonardo Stoppa e Jair Bolsonaro
Leonardo Stoppa e Jair Bolsonaro (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | ABr | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O comunicador Leonardo Stoppa falou à TV 247 que o Estado brasileiro não deve obrigar a população a vacinar-se contra a Covid-19 e pediu que o campo progressista não caia na armadilha de apoiar a ideia da obrigatoriedade do medicamento.

Para Stoppa, Bolsonaro tratará a questão sobre a compulsoriedade da vacinação como o próximo debate entre esquerda e direita, inflamando, portanto, seus apoiadores a não fazerem uso do medicamento e, consequentemente, permitindo ao governo federal economizar dinheiro. O caminho, de acordo com ele, é incentivar as pessoas a se vacinarem.

“O Bolsonaro quer uma confusão a respeito da vacina porque a vacina custa dinheiro e o Estado tem que decidir onde colocar o dinheiro, e a gente já sabe que o Guedes prefere socorrer os bancos do que socorrer a população. Então o Bolsonaro, que produziu muita cloroquina, obviamente não vai querer investir muito dinheiro em vacina, esse é o grande detalhe. Se nós não tivermos a inteligência para reconhecer que a briga a respeito da cloroquina foi uma estratégia de comunicação absurdamente errada, nós vamos entrar na estratégia que o Bolsonaro está criando. Ele já começa a colocar essa questão da liberdade da pessoa vacinar-se ou não como sendo o próximo debate entre direita e esquerda. O que eu acho que as pessoas devem raciocinar muito bem nesse momento é: não há como obrigar as pessoas a se vacinarem, o que você pode fazer é incentivar. Estou falando isso para implorar para que todas as pessoas do campo progressista não caiam na armadilha de dizer que o Estado tem que obrigar as pessoas a se vacinar. Cuidado, é mais uma armadilha”, falou.

Inscreva-se na TV 247 e assista à fala de Stoppa na íntegra:


 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email