Estimulada por Bolsonaro, venda de armas da Taurus cresce 111% no 1º tri

Estimulada por Jair Bolsonaro, que defende o uso de armas pela população civil, as vendas da Taurus, maior fabricante de armas do país, chegaram 52,1 mil unidades nos três primeiros meses do ano, com destaque para pistolas 9mm e fuzis.

Ações da Taurus disparam após empresa anunciar 'lista de espera' por fuzis
Ações da Taurus disparam após empresa anunciar 'lista de espera' por fuzis (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - Com medidas de Jair Bolsonaro, que implanta uma política armamentista no Brasil, a Taurus, principal fabricante de armas do país, registrou um aumento de 111% nas vendas no primeiro trimestre de 2020 – ante ao mesmo período de 2019.

Segundo informações da coluna Painel, da Folha de S.Paulo nesta terça-feira (30), foram 52,1 mil armas comercializadas pela fabricante nos três primeiros meses do ano.

Em comunicado, a empresa informou que a maior procura foi por “calibres até então restritos, como pistolas 9 mm e fuzis, que incorporam maior valor agregado”.

Leia a íntegra na Fórum. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247