Estudantes bloqueiam ruas contra corte de R$ 38 milhões na Ufam

Um grupo de alunos e servidores da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) protesta na frente da instituição, Zona Sul de Manaus; a Ufam sofreu corte de R$ 38 milhões pelo Ministério da Educação (MEC), chefiado por Abraham Weintraub; os manifestantes bloquearam duas faixas da avenida

Estudantes bloqueiam ruas contra corte de R$ 38 milhões na Ufam
Estudantes bloqueiam ruas contra corte de R$ 38 milhões na Ufam (Foto: Reprodução)

247 - Um grupo de alunos e servidores da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) protesta na manhã desta quarta-feira (15) na frente da instituição, na Avenida Rodrigo Otávio, Zona Sul de Manaus. O ato é motivado pelo bloqueio de R$ 38 milhões de verbas da universidade pelo Ministério da Educação (MEC), chefiado por Abraham Weintraub. Os manifestantes bloquearam duas faixas da avenida. 

Em abril, o Ministério da Educação divulgou que todas as universidades e institutos federais teriam bloqueio de recursos. 

De acordo com o governo federal, a queda na arrecadação obrigou a contenção de recursos, medida que agrava ainda mais a Educação brasileira, que já sofre os efeitos da PEC do Teto dos Gastos. A Proposta de Emenda à Constituição congela investimentos públicos por 20 anos. Foi aprovada no governo Michel Temer e é apoiada pelo presidente Jair Bolsonaro. 

 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247