Ex-primeira dama do Amazonas é presa pela PF

Justiça Federal do Amazonas decretou a prisão da ex-primeira dama do Estado Edilene Gomes de Oliveira, mulher do ex-governador José  Melo (Pros), que também foi preso pela Polícia Federal; Edilene e Melo são investigados o âmbito da Operação Maus Caminhos por suspeita de fraudes e desvios de verbas da Saúde; Justiça também converteu a prisão de Melo de preventiva para temporária

Ex-governador do Amazonas José Melo (Pros) e ex-primeira dama Edilene Gomes Oliveira
Ex-governador do Amazonas José Melo (Pros) e ex-primeira dama Edilene Gomes Oliveira (Foto: Paulo Emílio)

247 - A Justiça Federal do Amazonas decretou a prisão da ex-primeira dama do Estado Edilene Gomes de Oliveira. Ela é mulher do ex-governador José Melo (Pros), que também foi preso pela Polícia Federal (PF). Edilene e Melo são investigados o âmbito da Operação Maus Caminhos pela suspeita de fraudes e desvios de verbas da Saúde.

Na decisão que levou a ex-primeira dama à prisão, a Justiça também converteu a prisão de Melo de preventiva para temporária. O ex-governador foi preso em 31 de dezembro, junto com outros quatro ex-secretários estaduais. Melo, que foi eleito em 2014, teve o mandato cassado por compra de votos.

Segundo a argumentação do Ministério Público Federal (MPF) no pedido de prisão da ex-primeira dama, existem "elementos claros de interferência indevida dos investigados na investigação criminal, na intimidação de testemunhas, na ocultação de bens, na potencial continuidade da prática de crime permanente de lavagem de dinheiro".

Ainda segundo o MPF, ela teria arrombado "boxes destinados a guardar volumes" após uma operação de busca e apreensão realizada por agentes federais.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247