Ex-tesoureiro tucano não declarou conta na Suíça

Citado na lista de brasileiros com contas secretas no HSBC da Suíça, ex-deputado federal Márcio Fortes não declarou bens ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ); em 2000, ele foi a pessoa física que mais doou ao partido; durante a campanha de José Serra à Presidência, em 2002, Fortes usou notas frias e o PSDB chegou a ser multado em R$ 7 milhões

www.brasil247.com - Citado na lista de brasileiros com contas secretas no HSBC da Suíça, ex-deputado federal Márcio Fortes não declarou bens ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ); em 2000, ele foi a pessoa física que mais doou ao partido; durante a campanha de José Serra à Presidência, em 2002, Fortes usou notas frias e o PSDB chegou a ser multado em R$ 7 milhões
Citado na lista de brasileiros com contas secretas no HSBC da Suíça, ex-deputado federal Márcio Fortes não declarou bens ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ); em 2000, ele foi a pessoa física que mais doou ao partido; durante a campanha de José Serra à Presidência, em 2002, Fortes usou notas frias e o PSDB chegou a ser multado em R$ 7 milhões (Foto: Roberta Namour)


247 – Um dos fundadores do PSDB, o empresário Marcio Fortes é um dos 8 mil brasileiros que mantiveram contas secretas no HSBC durante 2006 e 2007, de acordo com o caso Swissleaks.

Ex-deputado federal, ele chegou a ter três contas no paraíso fiscal – uma delas com US$ 2,4 milhões, mas não declarou bens ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ). Em 2000, ele foi a pessoa física que mais doou ao partido. 

Durante a campanha de José Serra à Presidência, em 2002, o então tesoureiro usou notas frias e o PSDB chegou a ser multado em R$ 7 milhões.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email