Executivo da GE e mais 22 são denunciados por fraudes na saúde

O CEO e presidente da GE Healthcare para a América latina, Daurio Speranzini Junior, foi denunciado juntamente com outras 22 pessoas por formação de quadrilha e fraude em licitação no Instituto Nacional de Traumatologia (Into) e na Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro. O executivo foi preso em julho em um desdobramento da Operação Ressonância; Além de Speranzini, também são acusados de participarem do esquema o ex-secretário Sérgio Côrtes, o ex-diretor do Into André Loyelo e o empresário Miguel Iskin

Executivo da GE e mais 22 são denunciados por fraudes na saúde
Executivo da GE e mais 22 são denunciados por fraudes na saúde (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O CEO e presidente da GE Healthcare para a América latina, Daurio Speranzini Junior, foi denunciado juntamente com outras 22 pessoas por formação de quadrilha e fraude em licitação no Instituto Nacional de Traumatologia (Into) e na Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro. O executivo foi preso em julho em um desdobramento da Operação Ressonância.

Além de Speranzini, também são acusados de participarem do esquema o ex-secretário Sérgio Côrtes, o ex-diretor do Into André Loyelo e o empresário Miguel Iskin, que é suspeito de organizar as fraudes nos pregões internacionais desde 1996.

Segundo a Procuradoria, as acusações contra o executivo estão atreladas, principalmente, ao período em que ele comandou a Philips Medical no Brasil, até o ano de 2010.

Ainda segundo a instituição, pelo menos um dos fatos, porém, teria acontecido após ele assumir o cargo de principal executivo da GE para a América Latina.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247