'Existem dois pesos e duas medidas no Judiciário', diz Pimenta sobre decisão de Fux

Em sua página na redes sociais, o deputado Paulo Pimenta (PT-RJ) disse que "existem dois pesos e duas medidas" no julgamento do Judiciário e classificou como "estarrecedora" a decisão do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), de conceder liminar suspendendo as investigações do Ministério Público do Rio de Janeiro sobre o caso envolvendo as movimentações financeiras suspeitas do ex-assessor do clã Bolsonaro

'Existem dois pesos e duas medidas no Judiciário', diz Pimenta sobre decisão de Fux
'Existem dois pesos e duas medidas no Judiciário', diz Pimenta sobre decisão de Fux (Foto: LULA MARQUES - Ag, PT)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) classificou como "estarrecedora" a decisão do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), de conceder liminar suspendendo as investigações do Ministério Público do Rio de Janeiro sobre o caso envolvendo as movimentações financeiras suspeitas do ex-assessor do clã Bolsonaro.

Em sua página na redes sociais, o deputado disse que "existem dois pesos e duas medidas" no julgamento do Judiciário.

"A notícia de que, a pedido de Flávio Bolsonaro, o @STF_oficial determinou a suspensão da investigação sobre o laranjal do clã Bolsonaro é estarrecedora e revela que no Brasil existem dois pesos e duas medidas em alguns setores do Judiciário", disse o parlamentar.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247