Faltou bom senso, diz Mourão sobre decisão do STF que censurou sites

Vice-presidente Hamilton Mourão chamou de censura a decisão do ministro do STF Alexandre de Moraes que determinou que a revista Crusoé e o site O Antagonista retirassem do ar reportagens que citavam o presidente da Corte, Dias Toffoli e afirmou que faltou "bom senso" ao Judiciário; "Não quero tecer críticas ao Judiciário. Cada um sabe onde aperta os seus calos. Espero que se chegue a uma solução de bom senso nisso aí. Acho que o bom senso não está prevalecendo", afirmou

Faltou bom senso, diz Mourão sobre decisão do STF que censurou sites
Faltou bom senso, diz Mourão sobre decisão do STF que censurou sites (Foto: Agência Brasil)

247 - O vice-presidente Hamilton Mourão chamou de censura a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes que determinou que a revista Crusoé e o site O Antagonista retirassem do ar reportagens que citavam o presidente da Corte, Dias Toffoli. "Eu já declarei que considero que foi um ato de censura isso aí", disse.

"Não quero tecer críticas ao Judiciário. Cada um sabe onde aperta os seus calos. Espero que se chegue a uma solução de bom senso nisso aí. Acho que o bom senso não está prevalecendo", completou. Para Mourão, como a decisão foi tomada pelo próprio STF, "compete ao Judiciário chegar a um final melhor disso aí tudo".

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247