Família de magistrado do STF foi ameaçada de morte

A tensão no STF (Supremo Tribunal Federal) com relação às ameaças de disparos em massa de fake news por grupos bolsonaristas começou antes, com a ameaça de morte a um magistrado da corte, informa a jornalista Mônica Bergamo em sua coluna no jornal Folha de S. Paulo; segundo a colunista, as investigações do inquérito aberto pelo STF (Supremo Tribunal Federal) para apurar os ataques se dirigiram, num primeiro momento, a uma pessoa que chegou a ameaçar parentes de um dos magistrados

Família de magistrado do STF foi ameaçada de morte
Família de magistrado do STF foi ameaçada de morte (Foto: Nelson Jr./SCO/STF)

247 - A tensão no STF (Supremo Tribunal Federal) com relação às ameaças de disparos em massa de fake news por grupos bolsonaristas começou antes, com a ameaça de morte a um magistrado da corte, informa a jornalista Mônica Bergamo em sua coluna no jornal Folha de S. Paulo. Segundo a colunista, as investigações do inquérito aberto pelo STF (Supremo Tribunal Federal) para apurar os ataques se dirigiram, num primeiro momento, a uma pessoa que chegou a ameaçar parentes de um dos magistrados.

A reportagem ainda destaca que "há entre pessoas envolvidas nas apurações a convicção de que, uma vez descoberto, o responsável pelas ameaças, até agora anônimo, deveria ser preso."

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247