Fátima Bezerra: reunião de Aécio e Temer é conspiração

A senadora Fátima Bezerra (PT-RN) criticou a decisão da Câmara dos Deputados de "levianamente, aprovar uma manobra dos insatisfeitos com o resultado das eleições de 2014 para abreviar o mandato da presidente da República, Dilma Rousseff"; "Todo mundo sabe que o impeachment é, sim, um julgamento político, como faz questão de repetir a oposição, mas é um julgamento político que tem que estar calcado em pressupostos jurídicos", ressaltou

A senadora Fátima Bezerra (PT-RN) criticou a decisão da Câmara dos Deputados de "levianamente, aprovar uma manobra dos insatisfeitos com o resultado das eleições de 2014 para abreviar o mandato da presidente da República, Dilma Rousseff"; "Todo mundo sabe que o impeachment é, sim, um julgamento político, como faz questão de repetir a oposição, mas é um julgamento político que tem que estar calcado em pressupostos jurídicos", ressaltou
A senadora Fátima Bezerra (PT-RN) criticou a decisão da Câmara dos Deputados de "levianamente, aprovar uma manobra dos insatisfeitos com o resultado das eleições de 2014 para abreviar o mandato da presidente da República, Dilma Rousseff"; "Todo mundo sabe que o impeachment é, sim, um julgamento político, como faz questão de repetir a oposição, mas é um julgamento político que tem que estar calcado em pressupostos jurídicos", ressaltou (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil - Em pronunciamento nesta terça-feira (19), a senadora Fátima Bezerra (PT-RN) criticou a decisão da Câmara dos Deputados de "levianamente, aprovar uma manobra dos insatisfeitos com o resultado das eleições de 2014 para abreviar o mandato da presidente da República, Dilma Rousseff".

Ao se solidarizar com a presidente, Fátima Bezerra espera que o Senado analise de forma justa o impeachment e corrija a decisão da Câmara, seja na votação da admissibilidade do processo, seja na decisão sobre o mérito da matéria.

— Todo mundo sabe que o impeachment é, sim, um julgamento político, como faz questão de repetir a oposição, mas é um julgamento político que tem que estar calcado em pressupostos jurídicos — ressaltou.

Fátima Bezerra também chamou de conspiração reunião ocorrida nessa segunda-feira, em São Paulo, entre o senador Aécio Neves, o vice-presidente da República, Michel Temer, e o economista Armínio Fraga.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247