Fernanda Torres: Brasil virou país indigesto para a elite

"Em parcos dois meses de gestão, já enfrentamos o ódio à China do chanceler Araújo, o encalhe dos frangos no boicote árabe, Jesus na goiabeira de Damares, Queiroz e a rachadinha do 01, o bandejão de Davos, os brasileiros ladrões de Vélez Rodriguez, o pedido de vídeos de estudantes bradando slogans eleitoreiros e as demissões em série do Ministério da Educação", lembrou a atriz Fernanda Torres, em artigo da Folha de S. Paulo

Fernanda Torres: Brasil virou país indigesto para a elite
Fernanda Torres: Brasil virou país indigesto para a elite (Foto: Bob Wolfenson/Divulgação)

247 - A atriz Fernanda Torres disse, em artigo publicado na Folha de S. Paulo nesta sexta-feira (15), que o Brasil se tornou um país indigesto, não só para as camadas mais pobres, mas para os "ditos privilegiados". Torres ressalta que "falta esgoto, emprego, segurança, escola, e também razão, senso, decoro, cultura, grandeza, futuro e saída. Piorou muito, mas nunca foi fácil". 

 

"Em parcos dois meses de gestão, já enfrentamos o ódio à China do chanceler Araújo, o encalhe dos frangos no boicote árabe, Jesus na goiabeira de Damares, Queiroz e a rachadinha do 01, o bandejão de Davos, os brasileiros ladrões de Vélez Rodriguez, o pedido de vídeos de estudantes bradando slogans eleitoreiros e as demissões em série do Ministério da Educação", lembrou a atriz.

Fernanda também citou os ataques às terras indígenas, a liberação de uso de outros agrotóxicos e ainda as peripécias de figuras como Damares Alves e Olavo de Carvalho.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247