Fernando Baiano sobre Cunha: “Eu, pessoalmente, entreguei R$ 4 milhões”

Um dos principais lobistas do País, Fernando Baiano depôs hoje diante do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados e confirmou ter pago propina ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que foi o principal responsável pela condução do golpe parlamentar que pode afastar a presidente Dilma Rousseff e colocar no poder o vice-presidente Michel Temer; nesta manhã, na Bahia, a presidente Dilma Rousseff, explorou esse paradoxo: “quem me julga é corrupto”; apesar da tonelada de acusações contra si, Cunha vem conseguindo preservar seu mandato, embora tenha imposto rito sumário ao impeachment da presidente Dilma 

Um dos principais lobistas do País, Fernando Baiano depôs hoje diante do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados e confirmou ter pago propina ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que foi o principal responsável pela condução do golpe parlamentar que pode afastar a presidente Dilma Rousseff e colocar no poder o vice-presidente Michel Temer; nesta manhã, na Bahia, a presidente Dilma Rousseff, explorou esse paradoxo: “quem me julga é corrupto”; apesar da tonelada de acusações contra si, Cunha vem conseguindo preservar seu mandato, embora tenha imposto rito sumário ao impeachment da presidente Dilma 
Um dos principais lobistas do País, Fernando Baiano depôs hoje diante do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados e confirmou ter pago propina ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que foi o principal responsável pela condução do golpe parlamentar que pode afastar a presidente Dilma Rousseff e colocar no poder o vice-presidente Michel Temer; nesta manhã, na Bahia, a presidente Dilma Rousseff, explorou esse paradoxo: “quem me julga é corrupto”; apesar da tonelada de acusações contra si, Cunha vem conseguindo preservar seu mandato, embora tenha imposto rito sumário ao impeachment da presidente Dilma  (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Um dos principais lobistas do País, Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, confirmou ter feito pagamentos de propina em espécie ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).  “Eu, pessoalmente, entreguei R$ 4 milhões”, disse ele, aos integrantes do Conselho de Ética.

Apesar de todas as evidências contra si, que incluem várias contas no exterior, Cunha vem conseguindo preservar o seu mandato. Como presidente da Câmara, ele foi o principal responsável pelo golpe parlamentar, que redundou na vergonhosa votação do último dia 17 de abril.

Nesta manhã, na Bahia, a presidente Dilma Rousseff, explorou esse paradoxo: “quem me julga é corrupto” (leia aqui).

Embora o procurador-geral da República Rodrigo Janot tenha pedido ao Supremo Tribunal Federal o afastamento de Cunha, o ministro Teori Zavascki ainda não colocou o caso em votação.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247