Fernando Horta: votação engrandece Dilma e afunda Cunha na lama

"Sai engrandecida Dilma Rousseff, absolvida de qualquer acusação de intratabilidade para com o congresso. Estes imundos que estão aí mereciam mesmo o desprezo da presidente e fica claro que o golpe não teve nada a ver com 'luta contra corrupção'. Sai na lama, mais ainda, Eduardo Cunha. Como dito por Jucá, ele nunca foi necessário. O bando de hienas da Câmara seria capaz de ter votado o impeachment da Dilma sozinho", diz o historiador Fernando Horta

"Sai engrandecida Dilma Rousseff, absolvida de qualquer acusação de intratabilidade para com o congresso. Estes imundos que estão aí mereciam mesmo o desprezo da presidente e fica claro que o golpe não teve nada a ver com 'luta contra corrupção'. Sai na lama, mais ainda, Eduardo Cunha. Como dito por Jucá, ele nunca foi necessário. O bando de hienas da Câmara seria capaz de ter votado o impeachment da Dilma sozinho", diz o historiador Fernando Horta
"Sai engrandecida Dilma Rousseff, absolvida de qualquer acusação de intratabilidade para com o congresso. Estes imundos que estão aí mereciam mesmo o desprezo da presidente e fica claro que o golpe não teve nada a ver com 'luta contra corrupção'. Sai na lama, mais ainda, Eduardo Cunha. Como dito por Jucá, ele nunca foi necessário. O bando de hienas da Câmara seria capaz de ter votado o impeachment da Dilma sozinho", diz o historiador Fernando Horta (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Fernando Horta, em seu Facebook

A votação de hoje engrandece uma pessoa e joga na lama outra:

Sai engrandecida Dilma Rousseff, absolvida de qualquer acusação de intratabilidade para com o congresso. Estes imundos que estão aí mereciam mesmo o desprezo da presidente e fica claro que o golpe não teve nada a ver com "luta contra corrupção".

Sai na lama, mais ainda, Eduardo Cunha. Como dito por Jucá, ele nunca foi necessário. O bando de hienas da Câmara seria capaz de ter votado o impeachment da Dilma sozinho. Acho até que Cunha, evitando a livre negociação e venda de cada deputado, deve ter recebido mais do que os atuais receberam separadamente.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247