FHC a Alckmin: “querer privatizar Petrobras é querer levar bala”

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que lançou Luciano Huck à Presidência por descrença na viabilidade eleitoral de Geraldo Alckmin, voltou a atacar o tucano nesta terça-feira, 27, criticando o seu discurso privatista; "Colocar (hoje) a privatização da Petrobras é querer levar bala, todos são contra", disse FHC nesta terça-feira, 27, durante participação no Fórum Estadão; ao defender a privatização da Petrobras, que está sendo vendida em partes por Michel Temer e Pedro Parente, Alckmin disse que o Estado "não deve ser um Estado empresário"

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que lançou Luciano Huck à Presidência por descrença na viabilidade eleitoral de Geraldo Alckmin, voltou a atacar o tucano nesta terça-feira, 27, criticando o seu discurso privatista; "Colocar (hoje) a privatização da Petrobras é querer levar bala, todos são contra", disse FHC nesta terça-feira, 27, durante participação no Fórum Estadão; ao defender a privatização da Petrobras, que está sendo vendida em partes por Michel Temer e Pedro Parente, Alckmin disse que o Estado "não deve ser um Estado empresário"
O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que lançou Luciano Huck à Presidência por descrença na viabilidade eleitoral de Geraldo Alckmin, voltou a atacar o tucano nesta terça-feira, 27, criticando o seu discurso privatista; "Colocar (hoje) a privatização da Petrobras é querer levar bala, todos são contra", disse FHC nesta terça-feira, 27, durante participação no Fórum Estadão; ao defender a privatização da Petrobras, que está sendo vendida em partes por Michel Temer e Pedro Parente, Alckmin disse que o Estado "não deve ser um Estado empresário" (Foto: Aquiles Lins)

247 - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso voltou a afinetar o pré-candidato a presidente do seu partido, o governador de São PAulo, Geraldo Alckmin. 

Depois de lançar Luciano Huck por descrença que Alckmin tenha viabilidade eleitoral, FHC agora criticou a proposta do governador paulista de privatização da Petrobras. "Colocar (hoje) a privatização da Petrobras é querer levar bala, todos são contra", disse FHC nesta terça-feira, 27, durante participação no Fórum Estadão. 

Segundo FHC, é necessário evitar que as agências reguladoras, que fiscalizam as concessões e privatizações do governo, sejam capturadas, seja por interesses políticos, seja das empresas ou mesmo dos sindicatos. "Quando não tem regulação, faz-se uma coisa selvagem", disse.

No início do mês, Geraldo Alckmin defendeu em evento do setor de construção civil que "muitos setores da Petrobras devem ser privatizados" (leia mais). 

Na semana passada, o tucano disse ser favorável às privatizações de estatais brasileiras, desde que o processo seja amplamente fiscalizado e embasado por um marco regulatório robusto. "Eu sou favorável, o que precisa discutir é a modelagem. Acho que o Estado não deve ser um Estado empresário", disse (leia mais).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247