FHC diz que país vive 'momento de transição perigoso'

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse nesta quarta-feira (29), que "está prevalecendo a ideia de que criminoso bom é criminoso morto". A declaração foi feita durante debate promovido por seu Instituto sobre a política de combate às drogas.

FHC diz que país vive 'momento de transição perigoso'
FHC diz que país vive 'momento de transição perigoso' (Foto: RENATO ARAUJOA/Br)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse nesta quarta-feira (29), que "está prevalecendo a ideia de que criminoso bom é criminoso morto". A declaração foi feita durante debate promovido por seu Instituto sobre a política de combate às drogas.

FHC considera que há uma abordagem apenas "punitiva" do poder público diante da criminalidade no País, que segundo sua visão "vive um momento de transição perigoso".

Reportagem do jornal "O Estado de S. Paulo" destaca que para o ex-presidente falta ao País um foco maior no combate ao crime organizado em lugar de uma perseguição a usuários de drogas como a maconha. "A atitude punitiva que estamos tomando é contraproducente", enfatizou. 

O tema deve entrar na pauta no Supremo Tribunal Federal em junho. FHC espera que o STF tenha um posicionamento "adequado" sobre o assunto. Sua expectativa é a descriminalização da posse de maconha. "Dizer que quem defende a regulamentação defende o uso de drogas? Não, ninguém em sã consciência defende o uso de drogas", acrescentou o ex-presidente, informa o jornal.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247