Filha de Temer prestará depoimento à Polícia Federal

A suspeita de que Michel Temer tenha lavado dinheiro com reformas em imóveis de familiares levou a Polícia Federal a agendar o depoimento da filha de Temer, Maristela Temer, para a próxima semana; a operação da Polícia Federal, nomeada Operação Skala, tem como alvo principal as ilegalidades cometidas no setor portuário, através de empresas de fachada e lavagem de dinheiro, ambas práticas com indícios fortemente ligados ao ocupante do Planalto

temer
temer (Foto: Gustavo Conde)

247 - A suspeita de que Michel Temer tenha lavado dinheiro com reformas em imóveis de familiares levou a Polícia Federal a agendar o depoimento da filha de Temer, Maristela Temer, para a próxima semana. A operação da Polícia Federal, nomeada Operação Skala, tem como alvo principal as ilegalidades cometidas no setor portuário, através de empresas de fachada e lavagem de dinheiro, ambas as práticas com indícios fortemente ligados ao ocupante do Planalto.

"As suspeitas vieram à tona depois que fornecedores que trabalharam na obra da casa da filha do presidente, localizada na zona oeste de São Paulo, admitirem que receberam pagamentos em dinheiro vivo da mulher do coronel da reserva da PM José Baptista Lima Filho, apontado por delatores como intermediador de propina para o presidente.

Maristela deverá ser ouvida pelo delegado da Polícia Federal Cleyber Malta Lopes, responsável pelo inquérito dos Portos, em São Paulo".

Leia mais aqui.



Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247