Financial Times elege Moro personalidade da década, mas cita participação em governo como parcialidade

A revista econômica do Reino Unido lembra que "no último ano, Moro se tornou ministro da Justiça no governo de extrema-direita do presidente Jair Bolsonaro — um movimento que causou dúvidas sobre sua independência como juiz”

Sergio Moro e Jair Bolsonaro
Sergio Moro e Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Correa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 -  O Financial Times, mídia econômica do Reino Unido, escolheu Sérgio Moro como uma das 50 personalidades que marcaram a década, mas afirma que a sua particpação no governo Bolsonaro gerou dúvidas sobre a sua imparcialidade.

A lista dos eleitos foi publicada nesta terça-feira (24) e diz que "seu cargo de juiz em uma cidade provinciana brasileira, Sergio Moro encabeçou uma investigação de corrupção que abalou o establishment político da América Latina".

No entanto, a revista lembra que “no último ano, Moro se tornou ministro da Justiça no governo de extrema-direita do presidente Jair Bolsonaro — um movimento que causou dúvidas sobre sua independência como juiz, mas que poderá prepará-lo para uma corrida para a presidência.”

Ao sintetizar a conjuntura geopolítica, o Financial Times afirma que "a segunda década do século 21 começou com medidas de austeridade para lidar com a desaceleração causada pela crise financeira global e terminou com governos populistas e regimes iliberais em todo o mundo."

Além de Moro, há políticos como Barack Obama, Vladimir Putin, Emmanuel Macron, Angela Merkel e os irmãos Koch. Na parte de tecnologia e economia, estão Jeff Bezos, Tim Cook, Bill e Melina Gates, Elon Musk, Thomas Piketty, Kylie Jenner e Elizabeth Holmes.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247