Florestan: Fux conseguiu desmoralizar o STF

O jornalista Florestan Fernandes Júnior, que integra a rede de Jornalistas pela Democracia, avalia que o ministro Luiz Fux desmoralizou o STF, ao conceder foro privilegiado ao motorista Fabrício Queiroz, apontado como laranja da família Bolsonaro; "Tudo isso aí desmoraliza o Supremo", disse; "E Moro ficou numa situação desconfortável. Como ele pode ser ministro da Justiça de um governo que se apega ao foro privilegiado?", questionou; assista ao vídeo

Florestan: Fux conseguiu desmoralizar o STF
Florestan: Fux conseguiu desmoralizar o STF

247 - O jornalista Florestan Fernandes Júnior, que integra a rede de Jornalistas pela Democracia, avalia que o ministro Luiz Fux desmoralizou o Supremo Tribunal Federal, ao conceder foro privilegiado ao motorista Fabrício Queiroz, apontado como laranja da família Bolsonaro. Nesta quinta-feira (17), Fux paralisou as investigações contra o Queiroz, que fez uma movimentação atípica superior a R$ 1,2 milhão entre 2016 e 2017, segundo o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Segundo o jornalista, a decisão foi estranha. "Tudo isso aí desmoraliza o Supremo. O País foi às ruas contra corrupção, Sérgio Moro falando que foro privilegiado é impunidade para políticos e agora eles vão preservar isso? Como fica o (ex) juiz Moro agora?", questionou.

O Coaf também identificou pagamentos de R$ 24 mil a Michelle Bolsonaro, mulher do presidente Jair Bolsonaro.

"A população deve estar achando estranho: 'o cara era assessor de Flávio Bolsonaro. Ninguém explica nada. Agora cancelam depoimentos'. O País não pode viver assim. Tem que ser transparente. E Moro ficou numa situação desconfortável. Como ele pode ser ministro da Justiça de um governo que se apega ao foro privilegiado?", indagou Florestan. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247