Força-tarefa Amazônia notifica R$ 580 milhões em danos ambientais

Mas de R$ 580 milhões em preju[izos ambientais comprovados foram registrados por ações da Força-tarefa Amazônia, que indiciou 84 pessoas por crimes ambientais e identificou quadrilhas ligadas à grilagem, corrupção e mineração ilegal

(Foto: REUTERS/Bruno Kelly)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Mas de R$ 580 milhões em preju[izos ambientais comprovados foram registrados por ações da Força-tarefa Amazônia, que indiciou 84 pessoas por crimes ambientais e identificou quadrilhas ligadas à grilagem, corrupção e mineração ilegal. 

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca que "a força-tarefa, que teve início em agosto de 2018 e tinha previsão inicial de ação de 18 meses, teve seu período de ação ampliado em um ano, segundo portaria publicada no Diário Oficial da União na última sexta (14) e assinada pelo procurador-geral da República, Augusto Aras."

A matéria ainda informa que "o objetivo do grupo é facilitar o diálogo entre os procuradores da república que atuam na área ambiental e entidades como o Ibama, a Polícia Federal e o Exército, e também ganhar eficiência, considerando que os crimes contra o ambiente transcendem a área amazônica."

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247