Freixo critica projeto que criminaliza sem terra e questiona: cadê o Queiroz?

O deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ) denunciou que o PL encaminhado pelo governo Bolsonaro de combate ao terrorismo é para criminalizar os movimentos sociais; "Ele devia fazer isso com milicianos, ministros condenados por corrupção, com seus amigos do PSL suspeitos de desviar dinheiro com candidatas laranjas", enfatizou o parlamentar

Freixo critica projeto que criminaliza sem terra e questiona: cadê o Queiroz?
Freixo critica projeto que criminaliza sem terra e questiona: cadê o Queiroz? (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)

247 - O deputado federal Marcelo Freixo criticou o projeto do governo Jair Bolsonaro, o PL 10431/18, que determina o cumprimento imediato, pelo Brasil, de sanções impostas pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas relacionadas ao crime de terrorismo. Para o deputado, o projeto será utilizado para criminalizar movimentos sociais como organizações terroristas.

"Governo de Jair Bolsonaro mandou projeto a Câmara que pretende tratar sem terra e sem teto como criminosos. Ele devia fazer isso com milicianos, ministros condenados por corrupção, com seus amigos do PSL suspeitos de desviar dinheiro com candidatas laranjas", enfatizou o parlamentar em sua página no Twitter.

"Por falar em crime, cadê o Queiroz?", cutucou o deputado, se referindo ao ex-assessor de Flávio Bolsonaro, investigado por movimentações suspeitas pelo Ministério Público do Rio de Janeiro. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247