Frente não avança se liberdade de Lula não for prioridade, diz Altman

"Frente Democrática, ampla ou Popular e Lula", essa deve ser a pauta de aliança do campo progressista defendida pelo jornalista Breno Altman; em sua página nas redes sociais, o jornalista afirmou que "não pode ser levada a sério qualquer aliança proposta no campo progressista que não tenha na libertação de Lula uma de suas principais campanhas"

Frente não avança se liberdade de Lula não for prioridade, diz Altman
Frente não avança se liberdade de Lula não for prioridade, diz Altman
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em sua página na redes sociais, o jornalista Breno Altman afirmou que a proposta de uma frente progressista não vai avançar se a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não estiver na pauta prioritária. "Essa é a grande questão democrática", defende o jornalista.

Para ele, "não pode ser levada a sério qualquer aliança proposta no campo progressista que não tenha na libertação de Lula uma de suas principais campanhas".

"Essa é a grande questão democrática até o momento, assim como sua condenação, prisão e prescrição foram a linha de ruptura do Estado de Direito, iniciada com o golpe de 2016", reafirmou.

Os internautas comentaram o assunto. Maria Paula endossou a afirmação de Breno. "A libertação de Lula é o resgate da Democracia. Essa prisão simboliza a quebra do Estado de Direito no Brasil. Não adianta buscar Democracia deixando o rastro de arbitrariedades contra o maior líder popular do Brasil prevalecer", disse.


Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247