Frota diz que não retira apoio à CPI da Vaza Jato, mas que vai defender Moro

"A CPI será a melhor oportunidade para encerrar qualquer dúvida sobre Sergio Moro e sua conduta", diz o deputado Alexandre Frota (PSDB-SP), desmentindo rumores de que vá retirar a sua assinatura pela instalação da CPI da Vaza Jato

247 - O deputado Capitão Augusto (PL-SP), interlocutor de Sergio Moro, está tentando convencer parlamentares a retirar o apoio para a instalação da CPI da Vaza Jato. O também deputado Alexandre Frota (PSDB-SP), estaria entre os parlamentares que estava inclinados a retirar a assinatura.

Mas Frota negou que vá retirar seu apoio à CPI. “A CPI será a melhor oportunidade para encerrar qualquer dúvida sobre Sergio Moro e sua conduta. Eu o apoio e estarei lá para defendê-lo. Ele não precisa temer”, disse o deputado ao site O Antagonista.

Ele ainda aproveitou para cutucar o clã Bolsonaro. “Diferentemente de Flávio Bolsonaro, eu assino requerimento de CPI.”

Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, o ex-PSL e agora tucano manteve o fogo contra o governo. Disse que Bolsonaro "é inconsequente, ingrato, não é preparado, tem mostrado isso, e não tem interesse em se preparar. Muitas vezes é autoritário”

“Todo mundo quer ser legal, politicamente correto, ambientalista, todo mundo quer salvar o mico-leão-dourado, quer proteger Amazônia, é contra o lixo no mundo, mas as pessoas praticam muito pouco as ações que pregam ao mundo”

Questionado se é possível estabelecer alguma relação entre pornografia e política, já que ele é um ex-astro de filmes pornô, Frota afirmou: "Entre pornografia e política, sim. O que o Bolsonaro faz hoje é pornografia política de baixo nível, basta ver o que ele tem feito para emplacar o filho na embaixada dos EUA, ou para esconder o Queiroz, proteger o outro filho, que é senador, e por aí vai"

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247