Fundo da Petrobrás pode ser dividido com outras áreas além da Educação

Fontes do STF informaram que os mais de R$ 2,5 bilhões que a Petrobras deverá aplicar no Brasil como reparação por fraudes na estatal terão uma parcela destinada para a Educação; o dinheiro também deve ser dividido entre saúde e segurança, indicam técnicos que estudam o caso

Fundo da Petrobrás pode ser dividido com outras áreas além da Educação
Fundo da Petrobrás pode ser dividido com outras áreas além da Educação (Foto: Nelson Jr. - STF)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Fontes do Supremo Tribunal Federal (STF) informaram que os mais de R$ 2,5 bilhões que a Petrobras deverá aplicar no Brasil como reparação por fraudes na estatal terão uma parcela destinada para a Educação. De acordo com o Blog de Andreia Sadi, nem toda a quantia deverá ser destinada à pasta. O recurso também deve ser dividido entre saúde e segurança, indicam técnicos que estudam o caso.

A empresa fechou acordo com as autoridades norte-americanas para devolução aos investidores de US$ 853 milhões como reparação por fraudes na estatal. O acordo prevê aplicação de US$ 682 milhões no Brasil. O valor foi convertido em real e depositado em uma conta judicial, mas está bloqueado.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247