General 'porta-voz' acha que comunicação é 'batalha nas redes sociais', diz Tijolaço

O editor do blog Tijolaço Fernando Brito escaneia a psicologia ressentida do novo "porta-voz" do governo federal, o general Otávio Santana do Rego Barros; Brito expõe a fala do general (que fala por si); ele diz que a juventude estava sendo " introjetada nas faculdades e nos colégios de ensino médio por professores" ressentidos pelo regime militar, que "passavam a colocar a narrativas deles contrária à gente para essa garotada"

General 'porta-voz' acha que comunicação é 'batalha nas redes sociais', diz Tijolaço
General 'porta-voz' acha que comunicação é 'batalha nas redes sociais', diz Tijolaço

247 - O editor do blog Tijolaço Fernando Brito escaneia a psicologia ressentida do novo "porta-voz" do governo federal, o general Otávio Santana do Rego Barros. Brito expõe a fala do general (que fala por si). Ele diz que a juventude estava sendo " introjetada nas faculdades e nos colégios de ensino médio por professores" ressentidos pelo regime militar, que "passavam a colocar a narrativas deles contrária à gente para essa garotada".

No artigo, publicado no blog Tijolaço, Brito avalia que "os conceitos do general, explanados em entrevista dada à Folha de Pernambuco em junho passado, vão, portanto, muito além do simples dever governamental de informar, com clareza, sobre atos e projetos da administração. E ficam bem próximos da frase que define a verdade como a primeira vítima das guerras."

Ele continua: "Jair Bolsonaro vai completando, assim, o que pode ser o maior dano às Forças Armadas desde o desprestígio colhido pelo regime militar. E consagrando o governo tuiteiro, cujo tamanho das mensagens é tão limitado e o teor tão bélico que, de fato, corresponde aos atuais governantes."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247