Gleisi: depois de Witzel fazer caçada humana, Bolsonaro facilita a vida de caçadores com as armas

"Depois de Witzel fazer caçada humana, Bolsonaro entra em cena facilitando a vida de caçadores com as armas. Ódio e morte dão a tônica do projeto bolsonarista", afirma a deputada federal e presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR), ao comentar o decreto que permite que donos de áreas rurais usem o armamento em toda a propriedade e não apenas dentro da casa, libera a importação, aumenta limites de munição que civis podem comprar, entre outras mudanças

Gleisi: depois de Witzel fazer caçada humana, Bolsonaro facilita a vida de caçadores com as armas
Gleisi: depois de Witzel fazer caçada humana, Bolsonaro facilita a vida de caçadores com as armas

247 - "A tragédia não tem fim neste governo", afirma a deputada federal e presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR), ao comentar o decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro que permite que donos de áreas rurais usem o armamento em toda a propriedade e não apenas dentro da casa, libera a importação, aumenta limites de munição que civis podem comprar, entre outras mudanças.

"Depois de Witzel fazer caçada humana, Bolsonaro entra em cena facilitando a vida de caçadores com as armas. Ódio e morte dão a tônica do projeto bolsonarista", afirmou Gleisi.

Bolsonaro disse que o decreto foi "no limite da lei". A medida, no entanto, aumenta o acesso a munição no país. O arsenal e a concessão de registros para caçadores, atiradores e colecionadores de armas de fogo aumentaram 879% nos últimos cinco anos, passando de 8.988, em 2014, para 87.989, em 2018.

Existem 255.402 licenças ativas no Brasil. Já o número de armas nas mãos desse grupo foi de 227.242 para 350.683 unidades, um crescimento de 54%.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247