Gleisi: esses assassinatos na Paraíba demonstram a atual repressão contra os movimentos populares

A presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), manifestou-se neste domingo (9) sobre o assassinato dos dois trabalhadores do Movimento das Trabalhadoras e Trabalhadores Sem Terra (MST) da Paraíba, José Bernardo da Silva e Rodrigo Celestino, ocorrido na noite de sábado (8); "esses assassinatos na Paraíba demonstram a atual repressão contra os movimentos populares e suas lideranças. Lutar não é crime!"

Gleisi: esses assassinatos na Paraíba demonstram a atual repressão contra os movimentos populares
Gleisi: esses assassinatos na Paraíba demonstram a atual repressão contra os movimentos populares (Foto: Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), manifestou-se neste domingo (9) sobre o assassinato dos dois trabalhadores do Movimento das Trabalhadoras e Trabalhadores Sem Terra (MST) da Paraíba, José Bernardo da Silva e Rodrigo Celestino, ocorrido na noite de sábado (8).

"Esses assassinatos na Paraíba demonstram a atual repressão contra os movimentos populares e suas lideranças. Lutar não é crime! Nestes tempos de angústia e de dúvidas sobre o futuro do Brasil, não podemos deixar os que detém o poder político e econômico traçar o destino do povo!", escreveu Gleisi no Twitter.

Em outro tweet, Gleisi Hoffmann fez alusão ao Dia Internacional dos Direitos Humanos, que será celebrado em todo o mundo nesta segunda-feira (10), e conclamou:

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247