Gleisi sobre a segurança para Moro, após demissão: “daqui a pouco, resolvem inventar uma pensão para ele”

A deputada federal e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, criticou o direito à segurança pessoal que Moro continuará a desfrutar, mesmo depois de se demitir do governo Bolsonaro. Para Gleisi, o privilégio é descabido

Gleisi Hoffmann, Sérgio Moro e Flávio Bolsonaro ao fundo
Gleisi Hoffmann, Sérgio Moro e Flávio Bolsonaro ao fundo (Foto: Gustavo Bezerra | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A presidente do PT afirmou em seu Twitter: “olha essa! Vão manter a segurança contra quem? Só se for para proteger dos bolsonaristas! Daqui a pouco, resolvem inventar uma pensão para ele.”

A reportagem do jornal o Globo detalha a situação do ex-juiz e ex-ministro: “mesmo em guerra com Sergio Moro, Jair Bolsonaro decidiu manter a segurança pessoal do agora ex-ministro pelos próximos seis meses. A informação foi confirmada pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI), comandado pelo general Augusto Heleno.”

A matéria ainda relata que “o GSI informou que Moro e seus familiares continuarão com o mesmo esquema de segurança que tinham como ministro até novembro. Isso significa, por exemplo, ter escolta policial em tempo integral.”

Veja o Twitter de Gleisi Hoffmann: 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247