Governador do AM diz que pecuária e madeireiros são responsáveis pelas queimadas

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), atribuiu o aumento das queimadas à pecuária e à atividade madeireira e reforçou a importância dos recursos estrangeiros do Fundo Amazônia. Lima também afirmou não ter sido identificada ligação de ONGs com desmatamento e queimadas ilegais no Estado, como foi insinuado por Bolsonaro.

247 - O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), atribuiu o aumento das queimadas à pecuária e à atividade madeireira e reforçou a importância dos recursos estrangeiros do Fundo Amazônia. Lima também afirmou não ter sido identificada ligação de ONGs com desmatamento e queimadas ilegais no Estado, como foi insinuado por Bolsonaro.

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo destaca que o governador ainda "disse que o Amazonas 'tem feito a sua parte' para conter os problemas, com a manutenção de uma equipe permanente de controle. 'Assim que começamos a identificar os primeiros focos de calor, determinei o estado de emergência'.”

Wilson Lima "comentou que o monitoramento feito por tecnologias do Estado também costuma ter os dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) como referência e que não foi encontrada 'discrepância'."

A matéria ainda acrescenta que "segundo ele, as principais causas identificadas para a alta das queimadas são a pecuária e a atividade madeireira, além da especulação imobiliária. Diferentemente do que foi alegado pelo presidente nesta semana, afirmou que não foi identificada qualquer ação ilegal cometida por alguma ONG."

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247