Governo Bolsonaro quer gastar R$ 5,6 bi a mais com militares do que com educação em 2021

Proposta do governo Jair Bolsonaro para o Orçamento do próximo ano está sendo analisada pelo Ministério da Economia. Caso seja aprovada, esta será a primeira vez em dez anos que o Ministério da Defesa receberá um valor maior que o do Ministério da Educação

Exército do Brasil
Exército do Brasil (Foto: Valter Campanato/ Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo Jair Bolsonaro pretende destinar cerca de R$ 5, 6 bilhões a mais no Orçamento que está sendo elaborado para o próximo ano para despesas militares do que com a educação. De acordo com reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, caso a proposta, que está sendo analisada pelo Ministério da Economia, seja aprovada, será a primeira vez em dez anos que o Ministério da Defesa receberá um valor maior que o do Ministério da Educação. 

Ainda segundo a reportagem, o crescimento no Orçamento da Defesa sobre o exercício atual será de 48,8%,saltando de R$ 73 bilhões para R$ 108,56 bilhões no próximo ano. Em contrapartida, os gastos pelo Ministério da Educação (MEC) passarão de R$ 103,1 bilhões para R$ 102,9 bilhões. 

O governo também teria feito uma blindagem ao orçamento da pasta de Defesa, de maneira a evitar possíveis cortes no Orçamento. A Educação, porém, não contaria com este reforço

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247