Governo cria conselho que será presidido por Michelle Bolsonaro

Depois de tentar extinguir todos os conselhos, comitês e comissões da Administração Pública federal, o governo Jair Bolsonaro criou um conselho que será presidido pela primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e terá a mulher de Moro, Rosângela Moro, como integrante

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo Jair Bolsonaro tentou extinguir por decreto todos os conselhos de participação popular sob o argumento de que eram ineficientes e geravam custos para o país, medida que foi barrada pelo Supremo Tribunal Federal. Agora, o presidente criou um novo conselho que será presidido por Michelle Bolsonaro, a primeira-dama.

Trata-se do Programa Nacional de Incentivo ao Voluntariado, lançado nesta terça-feira (9), que será composto por 12 membros da sociedade civil, incluindo 12 ministros de Estado, a cantora Elba Ramalho, e a esposa do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, Rosângela Moro, entre outros.

A cerimônia de lançamento foi no Hospital da Criança de Brasília. Em discurso, Michelle apresentou fotos de atividades voluntárias que ela desenvolveu nos últimos anos.

“Dentro das minhas limitações, sempre quis ajudar o próximo. É um chamado do meu coração. Aceite esse caminho como um desígnio de Deus”, disse a primeira-dama.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email