Governo ignora desemprego e celebra 7 de setembro com incentivo ao consumo

O que parece passar despercebido é que, na atual conjuntura, o Brasil registra recorde de desempregados, com 13 milhões ou 12,7% da população economicamente ativa sem postos formais de trabalho

O discurso de posse
O discurso de posse (Foto: Agência Brasil)

247 - Em nova patriotada lançada pelo Governo brasileiro sob presidência de Jair Bolsonaro (PSL), o Planalto lança esta semana a intitulada "Semana do Brasil", que busca dar incentivos governamentais ao comércio e varejo para estimular o consumo nos dias desde esta quarta-feira (4) até a semana subsequente ao dia da Independência, 7 de setembro, que este ano cai no próximo sábado.

O objetivo seria criar condições no comércio para preços mais baixos durante os dias imediatamente anteriores e posteriores à principal celebração cívica nacional.

O que parece passar despercebido pelo Governo é que, na atual conjuntura, o Brasil registra recorde de desempregados, com 13 milhões ou 12,7% da população economicamente ativa sem postos formais de trabalho, e com consequente continuidade na queda da renda dos brasileiros. O detalhamento do momento de desolação na economia brasileira foi dado pela Revista Exame, ligada ao capital financeiro, nesta mesma terça-feira (3), dia do lançamento da campanha governamental.

Ainda não foi divulgado o investimento que será feito na campanha, mas sabe-se que ela conta com peças publicitárias em parceria com 4.680 empresas de todo o país. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247