Governo inclui alunos de mestrado e doutorado no Fies

Ministério da Educação ampliou as regras do programa destinado ao financiamento de estudantes do ensino superior; ministro Henrique Paim informou que o sistema será aberto nesta semana para adesão das instituições privadas e, posteriormente, para adesão dos estudantes

www.brasil247.com - Ministério da Educação ampliou as regras do programa destinado ao financiamento de estudantes do ensino superior; ministro Henrique Paim informou que o sistema será aberto nesta semana para adesão das instituições privadas e, posteriormente, para adesão dos estudantes
Ministério da Educação ampliou as regras do programa destinado ao financiamento de estudantes do ensino superior; ministro Henrique Paim informou que o sistema será aberto nesta semana para adesão das instituições privadas e, posteriormente, para adesão dos estudantes (Foto: Gisele Federicce)


SÃO PAULO (Reuters) - O Ministério da Educação ampliou as regras do Fies, conforme portaria publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial, passando a incluir os cursos de mestrado e doutorado no programa destinado ao financiamento de estudantes do ensino superior.

Antes da mudança, apenas os cursos de mestrado profissional, que enfatizam estudos e técnicas diretamente voltados ao desempenho de um alto nível de qualificação profissional, eram contemplados.

Em nota no site do MEC, o ministro da Educação, Henrique Paim, informou que o sistema será aberto nesta semana para adesão das instituições privadas e, posteriormente, para adesão dos estudantes.

A previsão do MEC é que a nova modalidade do Fies tenha 31,6 mil potenciais beneficiários, matriculados em mais de 600 programas de pós-graduação stricto senso ofertados por cerca de 170 instituições privadas.

O ministério ressaltou que o Fies da Pós-graduação não atenderá cursos de especialização (lato sensu), categoria na qual se enquadram os MBAs, nem cursos de ensino a distância.

"Alunos já contemplados com bolsas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) pelo Programa de Suporte à Pós-Graduação de Instituições de Ensino Particulares (Prosup) não poderão solicitar o financiamento", disse o MEC.

Segundo o ministro da Educação, o Fies conta atualmente com 1,6 milhão de contratos firmados. "Hoje, 40 por cento dos estudantes matriculados em instituições de ensino superior privadas são apoiados por programas do Governo Federal – o Fies e o ProUni (Programa Universidade para Todos)", disse Paim.

(Por Marcela Ayres)

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email