Governo mente e tira verba também da educação básica, além de universidades

Uma das justificativas que o governo Bolsonaro apresentou para cortar verbas das universidades foi a suposta prioridade que daria ao ensino básico;o próprio presidente fez declarações nesse sentido, mas R$ 2,4 bilhões do setor também foram bloqueados

Governo mente e tira verba também da educação básica, além de universidades
Governo mente e tira verba também da educação básica, além de universidades

247 - Uma das justificativas que o governo Bolsonaro apresentou para cortar verbas das universidades foi a suposta prioridade que daria ao ensino básico. O próprio presidente fez declarações nesse sentido, mas R$ 2,4 bilhões do setor também foram bloqueados.

Reportagem de Isabela Palhares informa que o Ministério da Educação (MEC) congelou mais recursos da educação básica do que das universidades federais. A educação básica teve bloqueados R$ 2,4 bilhões que estavam previstos para investimentos em programas da educação infantil. Já as universidades federais sofreram cortes de R$ 2,2 bilhões.

"O contingenciamento vai na contramão do que defende o presidente Jair Bolsonaro (PSL) desde a campanha eleitoral: o aumento de investimento para a educação básica em detrimento do ensino superior".

A reportagem indica que "levantamento feito a pedido do jornal O Estado de S. Paulo pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições de Ensino Superior (Andifes), com dados públicos do Sistema Integrado de Planejamento e Orçamento do Ministério da Economia, mostra que os bloqueios na pasta não pouparam nenhuma das etapas da educação. O MEC bloqueou, por exemplo, R$ 146 milhões, dos R$ 265 milhões previstos inicialmente, para construção ou obra em unidades do ensino básico. O valor poderia, por exemplo, ser destinado aos municípios para construírem creches".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247