Graziano e Esquivel apoiam Haddad: por um país feliz e soberano para todos

O candidato do campo democrático, Fernando Haddad (PT), "encarna os princípios e reúne os requisitos para reconstruir a paz no Brasil", escrevem José Graziano da Silva, Diretor-Geral da FAO, e Adolfo Pérez Esquivel, Prêmio Nobel da Paz e membro da Aliança da FAO pela Segurança Alimentar e Paz

Graziano e Esquivel apoiam Haddad: por um país feliz e soberano para todos
Graziano e Esquivel apoiam Haddad: por um país feliz e soberano para todos

247 - "Fernando Haddad, professor e economista, eleito um dos melhores prefeitos do mundo quando administrou a maior cidade do Brasil, São Paulo, e ministro da educação que se notabilizou por multiplicar as universidades e as vagas para pobres para diminuir o abismo social, encarna os princípios e reúne os requisitos para reconstruir a paz no Brasil", escrevem, no jornal El País, José Graziano da Silva, Diretor-Geral da FAO, e Adolfo Pérez Esquivel, Prêmio Nobel da Paz e membro da Aliança da FAO pela Segurança Alimentar e Paz. O texto foi

Segundo eles, Haddad replicou em São Paulo "a exitosa experiência nacional do Fome Zero: sancionou lei municipal que vinculou a compra de produtos da agricultura familiar ao abastecimento do programa de alimentação escolar de São Paulo. E com uma grande inovação: os produtos deveriam ter base agroecológica, dando prioridade, assim a uma produção sustentável, livre de agroquímicos e em conformidade com o mundo que hoje que clama pelo racionamento de seus recursos escassos".

"Uma simples e inovadora ação foi capaz de não apenas promover desenvolvimento econômico à uma tradicional zona vulnerável da cidade (Parelheiros), mas também reforçar as escolas paulistanas com uma alimentação de qualidade —e sustentável. Esse projeto foi premiado pela Bloomberg Philanthropies, em 2016, concorrendo com iniciativas de quase 300 cidades ao redor do mundo— US$ 5 milhões foram doados à Prefeitura pelos norte-americanos para reforçar os investimentos no projeto".

De acordo com a análise, "como gestor da educação no Brasil por sete anos, Haddad massificou o acesso dos brasileiros mais pobres à universidade, com a ampliação dos programas de crédito e a abertura de novas vagas. Além disso, espalhar escolas técnicas profissionalizantes pelo país e implantou o piso salarial para os professores, uma demanda de décadas". "Esses dois principais pilares de seu programa, educação e emprego de qualidade, são requisitos amplamente reconhecidos como essenciais para a paz e para o desenvolvimento do país"

Leia a íntegra do texto

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247