Greve termina na Bahia e PM atua no Carnaval

Em assembleia no Sindicato dos Bancrios de Salvador, encerrada s 20h30 deste sbado, movimento grevista decidiu aceitar proposta de reajuste de 6,5% e pr fim paralisao de 11 dias; com o acordo, os policiais garantiram que esto prontos para um policiamento ostensivo durante a festa

Greve termina na Bahia e PM atua no Carnaval
Greve termina na Bahia e PM atua no Carnaval (Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil_Divulgação)

Bahia 247 - Acabou a agonia na Bahia. Depois de 11 dias de paralisação e com o enfraquecimento crescente do movimento após a desocupação da Assembleia Legislativa e da prisão dos líderes os Policiais Militares grevistas decidiram pôr fim ao movimento. A decisão foi na noite deste sábado durante assembleia realizada no Sindicato dos Bancários, nos Aflitos, em Salvador. Os policiais devem reassumir suas atividades já a partir deste sábado.

Negociação

De acordo com os policias, o governo aceitou o pagamento imediato da Gratificação de Atividade Policial IV, antes programada para novembro, com a GAP V sendo paga já em março de 2013. A categoria, entretanto, decidiu abrir mão da revogação das prisões dos lideres, entre eles o ex-soldado Marco Prisco.

Com o acordo firmado, os policiais encerram a campanha salarial referente ao ano de 2012. Os policiais também terão reajuste de 6,5% retroativos à janeiro deste ano. Segundo os órgãos do governo estadual, nos últimos anos, a categoria teve ganho real - isto é, descontando a inflação- de mais de 30%.

Já é carnaval

Com o fim da greve, os policias garantiram que estão prontos para realizarem um policiamento ostensivo durante o Carnaval de Salvador. Antes mesmo do fim das negociações com os grevistas, o comando da PM informou que 15 mil homens estarão nas ruas nos dias de folia momesca.

Ainda de acordo com o comandante da PM, a festa vai ocorrer seguindo o mesmo modelo de anos anteriores, dentro da normalidade, mas com a atenção e o cuidado que o momento exige. Para assegura que a festa terá segurança, além do efetivo da PM, o Carnaval de Salvador poderá contar com a presença da corporação do Exército nas ruas da cidade, vai depender apenas da sinalização da presidente Dilma Rousseff.

Taxa de homicídios

Durante a greve dos PMs os o número de homicídio cresceu no estado. Até este sábado, chega a 166 o número de assassinatos na região metropolitana, 103 na capital, desde o início da greve, na noite de 31 de janeiro. Os dias de maior número de homicídios registrados aconteceu em 3 e 6 de fevereiro, quando houve 92 assassinatos na região metropolitana, média de 24 por dia. Apenas na sexta-feira, dia 3, houve 31 homicídios. Segundo a assessoria da Secretaria de Segurança Pública, o índice foi o maior já registrado, em apenas um dia, na região metropolitana.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247