Grupo de empresários ligados à direita vai apoiar manifestações pró-Bolsonaro

O Instituto Brasil 200, formado por empresários ligados à direita, irá apoiar publicamente as manifestações em defesa do governo Bolsonaro marcadas para este domingo (26); dentre os empresários estão o dono da rede varejista Riachuelo, Flávio Rocha, Luciano Hang, dono da Havan, e João Appolinário, da rede Polishop, que também apoiaram o golpe 

Grupo de empresários ligados à direita vai apoiar manifestações pró-Bolsonaro
Grupo de empresários ligados à direita vai apoiar manifestações pró-Bolsonaro (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Instituto Brasil 200, formado por empresários ligados à direita, irá apoiar publicamente as manifestações em defesa do governo Jair Bolsonaro marcadas para este domingo (26; dentre os empresários que irão apoiar as manifestações estão o dono da rede varejista Riachuelo, Flávio Rocha, Luciano Hang, dono da Havan, e João Appolinário, da rede Polishop, que também apoiaram o golpe contra Dilma Rousseff.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247