Guerra comercial entre China e EUA favorece o Brasil

A disputa comercial entre China e EUA fez com que o mercado apostasse fortemente no Brasil; a tonelada da soja brasileira atingiu preço recorde na bolsa americana: US$ 66 dólares a mais que o preço praticado nos EUA; essa interpretação do mercado diante da briga entre EUA e China torna a soja brasileira a mais cara do mundo

soja
soja (Foto: Gustavo Conde)

247 - Os produtores de soja brasileiros podem comemorar, ainda que seja necessários esforços logísticos e tecnológicos para consolidar a liderança mundial do mercado de soja. Leia trecho da reportagem de Mauro Zafalon e confira aqui a íntegra.

"A guerra comercial entre os Estados Unidos e a China avança e se volta também para o mercado agropecuário. Brasil e EUA têm uma certa similaridade na produção do campo, o que pode dar novo fôlego aos produtores nacionais nessa disputa entre os dois gigantes.

É o que o mercado entendeu nesta quarta-feira (4). Os prêmios da soja brasileira chegaram ao recorde de US$ 1,80 por bushel nos valores do contrato de maio na Bolsa de Chicago."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247