Guimarães: atos em defesa da educação precisa furar a bolha da esquerda

O jornalista e blogueiro Eduardo Guimarães expõe sua expectativa a respeito das manifestações que ocorrerão nesta quarta-feira (15) em defesa da educação e considera que a amplitude precisa ser a apalavra de ordem dos atos. "As manifestações precisam furar a bolha da esquerda", defende

Guimarães: atos em defesa da educação precisa furar a bolha da esquerda
Guimarães: atos em defesa da educação precisa furar a bolha da esquerda (Foto: 247 | Reprodução)

247 - O jornalista e blogueiro Eduardo Guimarães expõe sua expectativa a respeito das manifestações que ocorrerão nesta quarta-feira (15) em defesa da educação e considera que a amplitude precisa ser a apalavra de ordem dos atos. "As manifestações precisam furar a bolha da esquerda", defende. 

Ele argumenta que a elite nunca aprovou a democratização do ensino superior promovida nos governos Lula e Dilma. “As cotas para negros  foi o que mais irittou a elite porque tira aquela mamata dessa classe”.

Ele está otimista com a manifestação desta quarta-feira (15) mas pondera que todo cuidado é pouco. “A polícia não irá perder tempo em dar o seu showzinho. Se com Geraldo Alckmin já estava ruim, com  Doria é mil vezes pior”, expõe.

Inscreva-se na TV 247 e confira a entrevista: 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247