Hacker de Araraquara nega que quisesse vender informações ao PT e dispara contra Moro

"O senhor Sérgio Moro tudo pode? Ser juiz é ser dono do Brasil?", pergunta Walter Delgatti Neto, o Vermelho, que também negou que quisesse vender informações ao PT

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em entrevista por escrito ao repórter Reynaldo Turollo Jr, no site da Folha de S.Paulo desta quarta-feira (18), Walter Delgatti Neto, um dos supostos hackers preso em Araraquara, no interior de São Paulo, negou ter falado que venderia as mensagens ao PT.

“Vale ressaltar, mais uma vez, que nunca procurei nenhum integrante do PT e tampouco tive a intenção de vender o material. Alguém pretende provar o contrário?”, relata Delgatti, que é conhecido como “Vermelho”, ressaltando que entende “ter cumprido as minhas obrigações como cidadão”.

Sobre Moro, Delgatti indaga se ele “pode tudo” e afirma que “ninguém deve estar acima da lei”, parodiando o próprio ex-juiz, que em diversas vezes disse o mesmo sobre o ex-presidente Lula.

Leia a íntegra da matéria no Portal Forum

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247